aprendendo

O que aprendi com a Nancy Wilson sobre contentamento

Esse mês, estou lendo com as irmãs do @clube_mulhercrista o livro da Nancy Wilson sobre virtudes. Ela fala de maneira breve e bem prática de algumas virtudes que devemos buscar na vida cristã. No quarto capítulo, ela fala sobre contentamento e é disso que quero falar com vocês hoje.

O contentamento é uma virtude que tenho que trabalhar muito na minha vida, e que tenho que lutar para ter todos os dias. Por esse motivo, queria falar sobre alguns pontos que ela trás para meditação e prática.

Ela diz que o contentamento trás um conforto nas situações adversas da vida. Quando somos contentes, podemos ter uma profunda satisfação na vontade de Deus, porque sabemos que ele está no controle de tudo, que faz as coisas cooperarem para nosso bem e para sua glória. Isso nos ajuda e ver as circunstâncias da melhor maneira.

Na bíblia, vemos que o apóstolo Paulo disso que aprendeu estar contente em várias circunstâncias, e muitas delas foram de sofrimento, injustiça, e até quase morte. Ele foi capaz porque Cristo era sua força e o capacitou para isso. Aprendemos então, que o foco do contentamento é Cristo e do descontentamento é o problema. Assim, devemos tem o foco no alvo certo.

Depois ela aponta para algumas coisas que podem nos levar a ser descontentamento como a inveja. Quando estamos descontentes com o que temos nós murmuramos, nos iramos, sentimos inveja e cobiçamos as coisas dos outros. O coração descontente sempre quer mais. Ele nunca esta contente com o que tem e com o que não tem. Isso mostra que, não importa a circunstância, nós sempre seremos descontentes. Por esse motivo, temos que aprender a ser contente em Cristo. Temos que nos satisfazer nele, porque ele sempre estará conosco.

Por fim, ela mostra alguns passos para aprendermos a ser contentes.

  1. Escolher ser agradecida mesmo que naquele momento não faça muito sentido.
  2. Confesse toda e qualquer cobiça porque ela é pecado.
  3. Lembre-se que tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus. Ele é bom , amoroso e soberano sobre tudo.
  4. Questione-se: o que me cabe fazer nessa situação? O que posso aprender? Como agradar a Deus nisso?
  5. Deus não esta fazendo algo contra nós, mas para e em nós.
  6. Não reclame e nem murmure. O contentamento deixa a situação mais confortável e suportável.
  7. Seja humilde e não deixe o pecado te cegar.

Essas coisas são importantes para nossa vida. Se não formos felizes em Jesus, se ele não for nossa satisfação, nada mais será.

A vida de contentamento é vivida aos pés da cruz, morrendo para o pecado e tendo vitória no poder e na força que nosso senhor nos dá.

No final do capítulo ela propõe que façamos uma lista de coisas pelas quais somos contentes e descontentes e orarmos sobre o assunto.

Eu estou relendo esse livro e foi muito bom lembrar dessas verdades. Nossa vida cristã aqui é sempre uma guerra contra o pecado e não podemos parar. A cada dia temos que nos munir de estratégias, buscando forças no Senhor para vencer. Que o Senhor nos ajude.

Espero que este post possa te ajudar a ser mais contente e a focar em Cristo.

Até o próximo post…=]

Aprendendo do Senhor.

(Esse post foi baseado no capítulo 4 do livro Virtuosa da Nancy Wilson. Para comprar o livro, clique aqui)

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s