aprendendo

Uma visão bíblica de Deus (8 de 11)

vf

Então disse eu: “Ai de mim, que vou perecendo! Porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos exércitos” (ISAÍAS 6:5).

A visão correta de Deus mostra toda maquinaria do coração de onde parte toda maldade: “…sou um homem de lábios impuros…”

   Prezado leitor, quando o jovem Isaías contemplou a glória de Deus, aquela visão era do Senhor Jesus, antes da Sua encarnação. Perante Isaías estava Aquele que um dia viria para mostrar Sua profunda humildade em trazer salvação ao mundo; perante ele estava Aquele que um dia provou ser verdadeiro e perfeito Servo, a ponto de lavar os pés de Seus discípulos. Pois é, perante aquela esmagadora visão o ser daquele homem foi completamente descoberto e tudo passou a ser visto, toda verdade íntima foi descoberta e seu merecido destino foi exposto como terror perante seus olhos.

         Estou mostrando aos meus leitores que a visão correta de Deus revela toda maquinaria da perversidade oculta no coração. Isaías percebeu isso: “…sou um homem de lábios impuros…”. Não foi algo meramente mental; não foi um aprendizado acerca da queda do homem, mas sim a realidade de um coração maligno, depravado. O que dominava Isaías? Talvez não tivesse qualquer vício; talvez não fosse um idólatra, mas foi descoberto com sua boca perversa e nossa boca é o verdadeiro canal de onde procedem as maldades do coração. Paulo fala sobre isso em Romanos 3 a partir do verso 13. O veneno do pecado fica escondido debaixo de nossas línguas, assim como uma serpente.

         Caro leitor, uma das funções do pecado é encobrir as maldades do coração. A maior façanha do pecado é fazer com que os homens não vejam de onde procede o mal. Normalmente os homens atiram suas culpas sobres os outros; normalmente olham para seus semelhantes e afirmam que estão em melhores condições; frequentemente procuram meios para lançar suas culpas até mesmo sobre o diabo e os demônios. Desde seu nascimento os homens agem proferindo mentiras (Salmo 58:3). Isaías percebeu a enormidade de seus pecados quando esteve perante os fachos de luz da glória de Cristo, caso contrário seria um andarilho neste mundo, vivendo completamente iludido sob o manto da sua religião.

         Caro leitor é no pecado que a realidade da perversidade fica encoberta. Os homens normalmente passam um pano por cima e esquecem de suas maldades. Eles acreditam que as marcas de seus pecados são como pisadas na areia da praia, onde as ondas vêm para desfazê-las. Isaías percebeu o quanto isso é mentira, pois todos os seus atos feitos com sua boca ficaram perante seus olhos. Ele estava alarmado! O que estava oculto veio à tona! Ele percebeu que a ficha criminal dele era extremamente longa; ele viu quantas maldades havia proferido contra seus semelhantes e que tudo aquilo estava perante os olhos santos do Senhor e que a Ira de Deus estava acesa e pronta a transformar tudo aquilo num incêndio eterno. Se não fosse a visão da glória de Deus, Isaías estaria pronto para continuar; viver assim para ele era alegria e festa.

         No pecado os homens pensam que podem continuar com suas práticas malignas; que podem ferir seu próximo, que podem manchar os outros; que podem ludibriar, enganar, mentir, etc. e que essas coisas não serão vistas. Eles não percebem que suas algemas continuam prendendo seus pulsos; que os grilhões que prendem seus pés ficam cada vez mais pesados e que seus pecados são cada vez mais odiosos e odiados. Caro leitor, quão sério é isso! Lembra-se de Davi? Pois é, assim que foi atraído como peixe pelo adultério, imediatamente o pecado o cercou de engano. Naquele momento ficou cego e todo temor simplesmente afastou-se. Viveu assim sob o efeito do engano do pecado, até que o profeta Natã chegou para mostrar sua culpa.

         Caro leitor, se você corre da mensagem do evangelho da glória de Cristo, certamente tudo vai ficando mais escuro ao seu derredor e seu coração ficará cada vez mais endurecido. O momento agora é de humilhação e arrependimento perante o Senhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s